No ano de 1908, com o avanço da Rede Mineira de Viação, (atualmente RFFSA), que ligou Barra do Piraí, Rio de Janeiro a Soledade de Minas, foi construída no km 91, às margens do Rio Francês, uma pequena estação ferroviária, tendo sido inaugurada em 1910 com o nome de Bueno Brandão.  Ficou encarregado da construção o Sr. Nicola Bianco, que permaneceu na localidade servindo como agente de correio.  Com este marco de progresso houve certa migração, organizando assim, o povoado que progrediu.

Passavam pela estação, trens a vapor diários de passageiros e de carga, escoando principalmente o gado e a produção de café do Estado. A edificação tinha uso misto, onde alguns cômodos pertenciam à residência destinada a funcionários da rede e os outros eram destinados aos serviços da estação.  Em 1977 a linha foi desativada, os trilhos retirados e a estação cedida pela RFFSA para a Prefeitura Municipal de Seritinga.  Desde então, muitas foram as formas de ocupação da edificação.  já passou pela estação: um consultório odontológico e uma drogaria.  Atualmente funciona no local o Centro de Referência em Assistência Social - CRAS.

 

Descrição:

Típico exemplar da arquitetura ferroviária mineira, a antiga estação Ferroviária de Seritinga encontra-se implantada em terreno plano com vários acessos que interligam o prédio à rua. Um deles é a plataforma que permite acesso à rua Nicola Bianco. Constitui um elemento em pedras empilhadas e revestimento em cimento grosso que se estende de face a face da estação, sendo que, as extremidades são formadas por rampas. O acesso no lado oposto é direto, no nível da rua. A edificação possui afastamentos nas laterais, frontal e nos fundos. Nas áreas externas às laterais da edificação, um jardim bem conservado apresenta um letreiro com o nome da cidade.

O sistema estrutural adotado é em alvenaria de tijolo.  O telhado possui estrutura de madeira, cumeeira paralela à via e manto de cobertura em telhas de barro francesas.  Ele é formado por quatro águas, sendo que, a voltada para a rua Nicola Bianco prolonga-se até a plataforma e a água posterior apresenta uma elevação no trecho central.

A fachada principal apresenta barrado com chapisco na cor marrom, cunhais pintados de branco, esquadrias cinzas e panos em tom pastel de rosa. Algumas das esquadrias metálicas são originais, como as duas de verga arqueada e caixilhos envidraçados, com bandeira fixa. Onde hoje existe uma janela com grade, existia uma porta sanfonada. A janela fixada apresenta verga reta, duas folhas de correr em caixilhos envidraçados. As esquadrias de madeira possuem verga e são na maioria originais. As janelas apresentam duas folhas de abrir com bandeira fixa envidraçada. As três portas presentes na fachada possuem duas folhas de abrir almofadas com bandeira fixa envidraçada.

A planta possui partido retangular compacto subdividido em nove cômodos.  Todos os cômodos, com exceção da sala da banda, possuem forros de madeira e portas internas manutenção em madeira, com uma folha de abrir e verga reta.  As três salas possuem piso em tabuado corrido.  Outro piso que é original é o ladrilho hidráulico presente no banheiro e na cozinha.  O piso da sala de espera é em cerâmica e o da sala da banda é em ardósia.  Nos Correios, assim como, na instalação sanitária, as paredes são revestidas com azulejos brancos.

Sunday the 9th. .