No final de 2017 foram iniciadas as obras de reforma e ampliação da Igreja Matriz de São João Batista. O projeto de autoria do Arquiteto José Victor Pinto Neto, conta com o apoio da Prefeitura Municipal para a sua execução, através do Fundo Municipal de Proteção ao Patrimônio Cultural. A Igreja integra o tombamento do Conjunto Paisagístico da Praça Sete de Setembro, através do Decreto nº 1309/2006, o que autoriza a administração, através da autorização do Conselho Municipal de Patrimônio, a utilizar nesta obra os recursos do fundo de patrimônio.

Para aprovação do Projeto de Reforma e Ampliação foram realizadas consultas ao IEPHA – Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – que através de nota deliberou que sendo o tombamento do Conjunto Paisagístico de âmbito municipal, o Conselho Municipal de Patrimônio tem autonomia para autorizar os gastos do fundo com a obra. Toda a concepção do projeto ficou a cargo da Paróquia.

A Igreja que hoje possui área construída de 245,90 m² passará a 488,70 m² após a conclusão das obras. Além do aumento da área total, todos os acabamentos serão refeitos e o Município contará com uma Igreja Matriz capaz de atender as demandas da população ao longo dos anos.

Por Ana Cláudia de Castro.

 

 

Imagem interna 03

 

IMAGEM 03

 

imagem obra 01

 

imagem obra 03

 imagem obra 2

Projetos:  José Victor P. Neto

Fotos:  Guilherme Arantes